Menu fechado

Categoria: IFES

Ângulos

Ângulos

É a medida de abertura entre duas semirretas com um ponto em comum chamado de origem.

Denotação e Conotação

Denotação

 

Também conhecido como sentido próprio ou denotativo das palavras.

Sentido literal da palavra ou expressão. Ela não precisa do contexto para que você a compreenda, ou seja, tem o mesmo sentido do dicionário. Como ela normalmente é usada.

Exemplos: Comprei uma flor na floricultura

A cobra picou a menina.

Conceitos de Cinemática; Ponto material e corpo extenso; Posição escalar; Deslocamento e caminho percorrido; Repouso, Movimento e Referencial; Trajetória

Conceitos de Cinemática; Ponto material e corpo extenso; Posição escalar; Deslocamento e caminho percorrido; Repouso, Movimento e Referencial; Trajetória

Cinemática: Conceito

Cinemática é a ciência que estuda o movimento dos corpos independentemente das causas deste. Na cinemática, por exemplo, estudaremos a aceleração, a velocidade e a posição de determinado objeto após certo tempo de movimento.

 

Ponto material

Considerando um navio fazendo uma viajem do Rio de Janeiro até o continente africano, podemos verificar que as dimensões do navio pouco importam em relação à distância que ele irá percorrer. Neste caso, dizemos que o navio é um ponto material.

Um ponto material, portanto, é todo corpo cujas dimensões não interferem no estudo de um determinado fenômeno.

Homonímia e Paronímia

Homonímia e Paronímia

 

Homônimos (homonímia)

Homônimos são palavras com escrita ou pronúncia iguais, mas significado diferente.

Exs.: caminho (itinerário) e caminho (verbo caminhar) e rio (curso de água) e rio (verbo rir);

Tipos de homônimos: homônimos perfeitos, homógrafos e homófonos

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

 

Homônimos perfeitos

Figuras de linguagem

Linguagem figurada ou figuras de linguagem:

Figuras de linguagemfiguras de estilo ou figuras de retórica são estratégias que o orador (ou escritor) pode aplicar ao texto para conseguir um determinado efeito na interpretação do ouvinte (ou leitor). Podem relacionar-se com aspectos  semânticos,  fonológicos ou  sintáticos das palavras afetadas.

Dentro de um grupo social há vários modos de se usar a Língua Portuguesa. Dentre eles, há um que se institui como língua padrão, e que corresponde ao modo de falar das pessoas mais instruídas, mais cultas dentro do grupo social. É a partir do uso da língua padrão que gramática estabelece as normas daquilo que seria falar ou escrever corretamente,ou seja, as normas da língua culta.

Níveis de linguagem

A língua possui variações dentro de si, que pode ser popular, vulgar, regional ou culta.

A fala e escrita, em uma determinada situação de comunicação, têm os ditos “níveis de linguagem”. Esses dizem respeito à concordância em que o emissor e o receptor estão para que possam ser compreendidos, e para tanto, existem linguagens diferentes para ocasiões distintas. A gramática normativa dita as regras de coerência, entretanto, na fala e escrita, especialmente informal, podemos usar elementos que não estão gramaticalmente corretos, mas que são de entendimento para o receptor.

Um grande exemplo é a linguagem regional, que usa de elementos selecionados para determinadas situações. Veja o exemplo da fala caipira abaixo:

Período simples e composto

Período simples e composto

Período é a frase formada por uma ou mais orações, com sentido completo

O período pode ser simples ou composto.

 

Período Simples: Formado por apenas uma oração

Ex.: A noite está maravilhosa!

Período composto: Formado por duas ou mais orações.

Ex.: João levantou e foi para o banheiro

Compreensão de textos diversos de diferentes gêneros

Compreensão de textos de diferentes gêneros

 

Compreensão de textos

A compreensão de um texto é fazer uma análise objetiva do texto. É verificar o que realmente está escrito nele. Tem que estar escrito e não imaginar o que o autor quis dizer, ou seja, todas as informações devem estar presente no texto