Menu fechado

Fundação Instituto Tecnológico de Osasco – FITO- SP 2020

Fundação Instituto Tecnológico de Osasco – FITO- SP

Vagas: 157 + Cadastro Reserva

Nível: Médio e superior   

Inscrições até 04/06/2020               EDITAL

Salário: De R$ 2.144,27 e R$ 2.492,17

Taxa de Inscrição: De R$ 56,50 e R$ 82,20

Provas: 19/07/2020

Organizadora: Vunesp

 

Apostila para Técnico de enfermagem 

Apostila para Professor De Desenvolvimento Infantil

 

 

 

DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

– Toda legislação e jurisprudência, para todos os cargos, devem ser consideradas com as alterações e atualizações vigentes até a data da publicação do Edital de Abertura de Inscrições. Legislação e julgados com entrada em vigor após a publicação do referido Edital poderão ser utilizados, quando supervenientes ou complementares a algum tópico já previsto ou indispensável à avaliação para o respectivo cargo.

– Todos os temas englobam também a legislação que lhes é pertinente, ainda que não expressas no conteúdo programático.

Ensino Médio Completo
Para o cargo: Técnico em Enfermagem

Conhecimentos Gerais

Língua Portuguesa:

Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários).

Sinônimos e antônimos.

Sentido próprio e figurado das palavras.

Pontuação.

Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem.

Concordância verbal e nominal.

Regência verbal e nominal.

Colocação pronominal.

Crase.

Matemática:

Resolução de situações-problema, envolvendo: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação ou radiciação com números racionais, nas suas representações fracionária ou decimal; Mínimo múltiplo comum;
Máximo divisor comum; Porcentagem; Razão e proporção; Regra de três simples ou composta; Equações do 1º ou do 2º graus; Sistema de equações do 1º grau; Grandezas e medidas – quantidade, tempo, comprimento, superfície, capacidade e massa; Relação entre grandezas – tabela ou gráfico; Tratamento da informação – média aritmética simples; Noções de Geometria – forma, ângulos, área, perímetro, volume, Teoremas de Pitágoras ou de Tales.

Noções de Informática: MS-Windows 2010: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2016. MS-Word 2016: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto.
MS-Excel 2016: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração
de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos,
controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. MS-PowerPoint
2016: estrutura básica das apresentações, conceitos de slides, anotações, régua, guias, cabeçalhos e rodapés,
noções de edição e formatação de apresentações, inserção de objetos, numeração de páginas, botões de ação,
animação e transição entre slides. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens,
anexação de arquivos. Internet: navegação na Internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de
páginas.
Conhecimentos Específicos: Ética profissional: código de ética dos profissionais de enfermagem (CEPE); lei do
exercício profissional (Lei no
7.498/1986) e decreto regulamentador (Decreto no
94.406/1987). Resolução CNE/CEB
n
o
6, de 20/09/2012. Portaria COREN-SP/DIR/26/2007. Trabalho em equipe. Fundamentos de enfermagem.
Assistência de enfermagem em: clínica médica, clínica cirúrgica, doenças crônicas degenerativas e doenças
transmissíveis, saúde mental. Saúde do idoso e Saúde da Criança e do Adolescente. Procedimentos técnicos de
enfermagem: enfermagem na administração de medicamentos, técnicas básicas de enfermagem. Programa
nacional de imunização e Calendário de vacinação para o estado de São Paulo. Assistência de Enfermagem em
Primeiros Socorros. Enfermagem em Saúde Pública: saneamento do meio ambiente; imunizações; doenças de
notificação compulsória. Enfermagem em saúde do trabalhador, enfoque na Promoção e Prevenção em Saúde.
Aplicação de medidas de biossegurança. Medidas de controle de infecção, esterilização e desinfecção; classificação
de artigos e superfícies aplicando conhecimentos de desinfecção, limpeza, preparo e esterilização de material,
precauções-padrão. Atuação nos programas do Ministério da Saúde (imunizações, mulher, criança, família, doentes
crônicos degenerativos, idosos, vigilância epidemiológica e sanitária). Atuação em grupos por patologias. Legislação
do Sistema Único de Saúde – SUS (Princípios e Diretrizes).
19
Ensino Superior Completo
Para o cargo: Professor de Desenvolvimento Infantil
Conhecimentos Gerais
Língua Portuguesa: Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários). Sinônimos e
antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral,
pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem.
Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase.
Matemática: Resolução de situações-problema, envolvendo: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação
ou radiciação com números racionais, nas suas representações fracionária ou decimal; Mínimo múltiplo comum;
Máximo divisor comum; Porcentagem; Razão e proporção; Regra de três simples ou composta; Equações do 1º ou
do 2º graus; Sistema de equações do 1º grau; Grandezas e medidas – quantidade, tempo, comprimento, superfície,
capacidade e massa; Relação entre grandezas – tabela ou gráfico; Tratamento da informação – média aritmética
simples; Noções de Geometria – forma, ângulos, área, perímetro, volume, Teoremas de Pitágoras ou de Tales.
Conhecimentos Específicos
Conhecimentos Pedagógicos: A PRÁTICA EDUCATIVA DO PROFESSOR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A
observação, registro e avaliação formativa; A organização e planejamento do espaço na educação infantil; A
pedagogia de projetos didáticos; As relações entre a escola e a família; O comportamento infantil – o
desenvolvimento dos afetos e das relações; O compartilhamento da ação educativa; O cuidar e o educar. OS
AMBIENTES DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A brincadeira e o desenvolvimento da imaginação e
da criatividade; A brincadeira na educação infantil nas perspectivas psicossociais, educacionais e lúdicas;
Alfabetização; O currículo e a pedagogia da brincadeira; O desenvolvimento da linguagem oral; O desenvolvimento
das artes visuais e do movimento. O trabalho com as múltiplas linguagens. A FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL DA
CRIANÇA: A criança, a natureza e a sociedade; As interações criança/criança como recurso de desenvolvimento:
identidade e autonomia; O desenvolvimento humano em processo de construção – Piaget, Vygostky e Wallon. O
DESENVOLVIMENTO DA MOTRICIDADE: A importância da psicomotricidade na educação infantil; A
psicomotricidade no desenvolvimento da criança; O lúdico e o desenvolvimento psicomotor. O papel da educação
psicomotora na escola. A MATEMÁTICA NA EDUCAÇÂO INFANTIL: Ensinar e aprender matemática na educação
infantil; Espaço e forma; Grandezas e medidas; Número e sistema de numeração.
Bibliografia
ARRIBAS, Teresa Lleixà. Educação Infantil: desenvolvimento, currículo e organização escolar. Porto Alegre:
Artmed, 2004.
BARBOSA, Ana Mae e CUNHA, Fernanda Pereira da. Abordagem triangular no ensino das artes e cultura visuais.
São Paulo: Cortez, 2010.
BARBOSA, Maria Carmen Silveira. Projetos Pedagógicos na educação infantil. Porto Alegre: Grupo A, 2008.
BASSEDAS, Eulália. Aprender e ensinar na educação infantil. Porto Alegre: Artmed,1999.
CRAIDY, Carmen e KAERCHER, Gladis. Educação infantil: pra que te quero? Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.
EDWARDS, Carolyn; GANDINI, Lella e FORMAN, George. As cem linguagens da criança. Volume 1 e 2. Porto
Alegre: Artmed, 2015.
FERREIRA, Gláucia de Melo (Org.). Palavra de professor(a): tateios e reflexões na prática Freinet. Campinas, SP:
Mercado das Letras, 2003.
FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo: Cortez, 2010.
FONSECA, Lúcia Lima da. O universo na sala de aula: uma experiência em pedagogia de projetos. Porto Alegre:
Mediação, 2009.
FONSECA, Vitor da . Desenvolvimento Psicomotor e Aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2008.
FONSECA, Vítor da. Manual de observação psicomotora: significação psiconeurológica dos fatores psicomotores.
Rio de Janeiro: Wak, 2012.
FORMOSINHO, Julia Oliveira. Pedagogia da infância: dialogando com o passado: construindo o futuro. Porto
Alegre:
GALVÃO, Izabel. Henri Wallon: Uma concepção dialética do desenvolvimento infantil. São Paulo: Vozes, 2002.
HOFFMANN, Jussara Maria. Avaliação mediadora, uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto
Alegre: Mediação, 2010.
KISHIMOTO, Tizuko Morchida. (Org.). Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. São Paulo: Cortez, 2009.
LACERDA, C. B.; ALBRES, N. A.; DRAGO, S. L. Política para uma educação bilíngue e inclusiva a alunos surdos
no município de São Paulo. In: Educação e Pesquisa: revista da Faculdade de Educação da USP, São Paulo, n. 39,
p. 65-80, 2013.
LE BOULCH, Jean. Educação psicomotora: a psicomotricidade na idade escolar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1987.
MARTINS, Mirian Celeste Ferreira Dias. Didática do ensino de arte: a língua do mundo: poetizar, fruir e conhecer
arte. São Paulo: FTD,1998.
MEC – MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília: MEC/SEF,
1998. v.3.
20
MEREDIEU, Florence de. O desenho infantil.. São Paulo: Cultrix, 2006.
MEUR, A. de. Psicomotricidade: educação e reeducação: níveis maternal e infantil. São Paulo: Manole, 1991.
OLIVEIRA, Zilma Ramos de e outros. O trabalho do professor na educação infantil. São Paulo: Biruta, 2015.
OLIVEIRA, Zilma Ramos. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.
PANIZZA, Mabel e Colaboradores. Ensinar matemática na educação infantil e nas séries iniciais: análise e
propostas. Porto Alegre: Artmed, 2006.
PARO, Vitor Henrique. Qualidade do ensino: a contribuição dos pais. São Paulo: Xamã, 2000.
PORTILHO, Evelise. Como se aprende? Estratégias, estilos e metacognição. Rio de Janeiro: Wak, 2009.
REGO, Teresa Cristina. Brincar é coisa séria. São Paulo: Fundação Samuel, 1992.
SILVA, Lucilene. Brincadeiras: para crianças de todo o mundo. São Paulo: UNESCO, 2007.
SMOLE, Kátia Cristina Stocco. A matemática na educação infantil: a teoria das inteligências múltiplas na prática
escolar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.
SMOLE, Kátia Stocco, DINIZ, Maria Ignez e CÂNDIDO, Patrícia. Resolução de problemas: matemática de 0 a 6.
Porto Alegre: Artmed, 2003.
TAILLE, Yves de La e outros. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus,
1992.
TEBEROSKY, Ana e CARDOSO, Beatriz (Org.). Reflexões sobre o ensino da leitura e da escrita. Rio de Janeiro:
Vozes, 2000.
ZABALZA, Miguel A. Qualidade em educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 1998.
Legislação:
Constituição Federal de 1988: artigos 208 a 214.
Lei Federal no
8.069/90 – ECA: artigos 1o
a 6o
, 15 a 18-B, 53 a 59 e 131 a 137.
Lei Federal no
9.394/96 – Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.
Resolução CNE/CEB no
5/09 e Parecer CNE/CEB no
20/2009 – Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação
Infantil.
Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Introdução (p. 7 – 21); A Etapa da Educação Infantil (p. 35 – 55).
Disponível: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf
Lei Complementar no
352, de 04/04/2019 (Função de PDI do Município de Osasco)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *