Menu fechado

Colocação pronominal

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS PREF. SOROCABA 2019

APOSTILAS PARA PREFEITURA GUARULHOS 2019

APOSTILAS PARA DETRAN-SP 2019

Colocação pronominal

Em função da posição do pronome em relação ao verbo, classifica-se:

– próclise: antes do verbo (Nada se perde.)

– mesóclise: no meio do verbo (Dirigir-lhe-emos a palavra.)

– ênclise: depois do verbo (Fugiram-nos as palavras.)

A regra geral diz que se deve colocar o pronome enclítico, desde que não haja fator de próclise ou seja um dos futuros do indicativo, com atenção aos casos especiais.

São fatores de próclise:

– oração negativa, desde que não haja pausa entre o verbo e as palavras de negação.

a) Ninguém se mexe.

b) Nada me abala.

Se a palavra negativa preceder um infinitivo não-flexionado, é possível a ênclise:

Calei para não magoá-lo.

– frases exclamativas (começadas por palavras exclamativas) e optativas (desejo).

a) Deus te guie!

b) Quanto sangue se derramou inutilmente!

– conjunção subordinativa.

a) Preciso de que me responda algo.

b) O homem produz pouco, quando se alimenta mal.

A elipse da conjunção não dispensa a próclise: Quando passo e te vejo, exalto-me.

– pronome ou palavras interrogativas.

a) Quem me viu ontem?

b) Queria saber por que te afliges tanto.

– pronome indefinido, demonstrativo e relativo.

a) Alguém me ajude a sair daqui.

b) Isso te pertence.

c) Ele que se vestiu de verde está ridículo.

– advérbio (não seguido de vírgula) e o numeral ambos.

a) Aqui se vê muita miséria.

b) Aqui, vê-se muita miséria.

c) Ambos se olharam profundamente.

Se o sujeito estiver logo antes do verbo, a próclise será facultativa. Este fator, entretanto, não pode quebrar o princípio dos fatores de próclise.

Ele se feriu ou ele feriu-se.

a) O homem se recupera ou o homem recupera-se. Ninguém me convencerá.

b) Tudo se fez por uma boa causa.

Por questão de eufonia, pode-se preferir a próclise ao invés da ênclise, quando o sujeito vier antes do verbo

“Cada dia lhe desfolha um afeto.”

Você viu-o.

Você o viu.

 

O uso de mesóclise:

APOSTILA E CURSO ONLINE PM-SP 2019

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS PREFEITURA PORTO VELHO 2019

APOSTILAS PARA CELESC 2019

10 DICAS PARA PASSAR EM UM CONCURSO PÚBLICO

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS 2019

Respeitados os princípios de próclise, far-se-á mesóclise caso o verbo esteja nos tempos futuros do indicativo.

Dar-te-ia = daria + te.

dar-te-ei = darei + te.

a) Diante da platéia, cantar-se-ia melhor.

b) Os amigos sinceros lembrar-nos-ão um dia.

Usa-se ênclise:

– em início da frase ou após sinal de pontuação.

– casos não proclíticos e não mesoclíticos em geral.

– nas orações imperativas afirmativa.

Procure suas colegas e convide-as.

– junto ao infinitivo não flexionado, precedido da preposição a, em se tratando dos pronomes o/a (s).

a) Todos corriam a escutá-lo com atenção.

b) Ele começou a insultá-la.

c) Nem sei se nos tornaremos a vê-los novamente.

Estando o infinitivo pessoal regido da preposição para, é indiferente a colocação do pronome oblíquo antes ou depois do verbo, mesmo com a presença do advérbio não.

a) Silenciei para não irritá-lo.

b) Silenciei para não o irritar.

Quanto às formas infinitas e locuções verbais:

Para as formas finitas:

– infinitivo, regra geral = ênclise (Viver é adaptar-se.)

Admite-se também a próclise se o infinitivo não-flexionado vier precedido de preposição ou palavra negativa (para te servir / servir-te, não o incomodar / incomodá-lo)

Se o pronome for o/a (s) e o infinitivo regido da preposição a, é obrigatória a ênclise.

Se o infinitivo vier flexionado, prefere-se a próclise (desde que não inicie o período)

– gerúndio, regra geral = ênclise

A próclise é obrigatória se: o gerúndio vier precedido da preposição em ou se o gerúndio vier precedido de advérbio que o modifique diretamente, sem pausa (Em se tratando de colocação pronominal, sei tudo!)

– particípio,

Sem auxiliar não admite próclise ou ênclise e sim a forma oblíqua regida de preposição.

Concedida a mim a preferência, farei por merecê-la.

Para as locuções verbais:

– auxiliar + infinitivo (podem os pronomes, conforme as circunstâncias, estar em próclise ou ênclise, ora ao verbo auxiliar, ora à forma nominal.)

Devo calar-me / devo-me calar / devo me calar

Não devo calar-me / não me devo calar / não devo me calar.

Mesmo com fator de próclise, a ênclise no infinitivo é correta.

– Auxiliar + preposição + infinitivo (Há de acostumar-se / há de se acostumar – Não se há de acostumar / não há de acostumar-se.)

– Auxiliar + gerúndio (podem os pronomes, conforme as circunstâncias, estar em próclise ou ênclise, ora ao verbo auxiliar, ora à forma nominal.):

Vou-me arrastando / vou me arrastando / vou arrastando-me

Não me vou arrastando / não vou arrastando-me.

Com fator de próclise, o pronome não pode aparecer entre os verbos.

Auxiliar + particípio (os pronomes se juntam ao auxiliar e jamais ao particípio, de acordo com as circunstâncias.

a) Os amigos o tinham prevenido.

b) Os amigos tinham-no prevenido.

Fonte: PCI concursos

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS PREF. SOROCABA 2019

APOSTILA PARA IFTO 2019

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS CÂMARA PETROLINA 2019

APOSTILA PREPARATÓRIA PARA PM-PR

APOSTILA PREPARATÓRIA PARA INSS - TEC. SEGURO SOCIAL

CONFIRA AQUI AS MELHORES APOSTILAS DO MERCADO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *