Menu fechado

Regência verbal e nominal

APOSTILAS PARA SES-SC 2019

APOSTILA PARA FUNDAC- PB 2019

APOSTILA PARA MP-SP 2019

SAIBA POR QUE INDICO AS APOSTILAS OPÇÃO

Regência nominal e verbal

A regência estuda as relações e subordinação entre um nome (ou um verbo) e seus complementos. a

Sua função é estabelecer relações entre as palavras, fazendo com que a criação de frases não tenham duplo sentido, sendo corretas e claras.

A regência pode ser verbal ou nominal

 

REGÊNCIA NOMINAL

A regência nominal estuda a relação e subordinação entre um nome (adjetivo, substantivo ou advérbio) e seus complementos através de uma preposição.

Este complemento é chamado de complemento nominal que completa o nome para que ele tenha um significado claro.

As preposições mais utilizadas são: por, com, a, de, em, para.

Exemplos:

1. Os catadores sentem desejo por uma vida melhor.

Desejo (substantivo)

Complemento nominal (preposição por)

 

2. O professor era indulgente com nossos erros.

Indulgente (adjetivo)

Complemento nominal (preposição com)

 

3. Hoje a saúde infelizmente não está acessível a todos

Acessível (adjetivo)

complemento nominal (preposição a)

 

4. Não tenho medo de você

Medo (advérbio)

Complemento nominal (preposição de)

 

5. Ele tinha confiança em que sairia vitorioso

Confiança (substantivo)

Complemento nominal (preposição em)

 

6. Este filme é impróprio para menores de dezoito anos

Impróprio (adjetivo)

Complemento nominal (preposição para)

 

REGÊNCIA VERBAL

A regência verbal estuda a relação e subordinação entre um verbo e o termo da oração que o complementa.

Conforme o tipo de complemento vai precisar ou não de preposição, podendo inclusive mudar o sentido do verbo.

Nós temos os termos regente e regido, mas o que seria isso?

Termo regente é o verbo

Termo regido é o seu complemento verbal, que normalmente é o objeto direto, objeto indireto ou o adjunto adverbial.

Uma coisa que você tem que ficar bem atendo é que na regência verbal, as preposições pode combinar ou contrair com artigos e pronomes:

Exs:

por + o = pelo

em + as = nas

de + isto = disto

a+ a = à

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS 2019

a + o = ao

Dentro outras mais

 

Vamos aos verbos:

 

ACUSAR

Verbo Acusar no sentido de incriminar

Ela sempre costuma acusar colegas

Verbo: acusar

Objeto direto: colegas

Com objeto direto e indireto e preposição de ou por

Acusou o homem de estelionato.

Acusou o réu por crime de tortura.

 

AGRADAR

Verbo agradar no sentido de mimar usa-se objeto direto.

A mulher agradou o cachorrinho recém-nascido

Verbo agradar no sentido de satisfazer usa-se objeto indireto com preposição a.

O discurso agradou a plateia

CHAMAR

Verbo chamar no sentido de fazer um apelo usa-se objeto direto.

João chamou a filha

Verbo chamar no sentido de convocar pede objeto direto.

O presidente chamou o conselho.

ANTECIPAR

Verbo antecipar no sentido de adiantar pode ser com objeto direto e sem complemento verbal

Com objeto direto.

Para ajudar seus funcionários, a empresa antecipou seus salários.

Sem complemento verbal

É preferível esperar que antecipar.

Abaixo coloquei uma pequena lista de mais alguns verbos.

As preposições mais utilizadas na regência verbal são as seguintes:

Com, em, a, de, para, por e sobre.

Parecer com

Sonhar com

viciar-se em

Avaliar em

Sobreviver a

Pertencer a

Morrer de

Vingar-se de

Desafiar para

Convidar para

Apaixonar-se por

Chorar por

Meditar sobre

Alertar sobre

Se gostou do artigo faça um comentário e se inscreva no site para receber todas as atualizações

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

CONFIRA AQUI MELHORES APOSTILAS DO MERCADO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *