Menu fechado

Funções sintáticas do período simples

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PARA AGEPEN- RR - 2020 SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA PARA AGENTE DE POLÍCIA PC-DF 2020

Funções sintáticas do período simples.

Função sintática é a atribuição que a palavra desempenha dentro de uma oração. A função de cada termo da oração é determinada pela análise sintática.

Análise sintática: É analisar os termos da oração, a composição do período e a função das palavras na oração.

Período Simples é uma frase com apenas uma oração

Obs.: para se ter uma oração é necessário ter um verbo.

Para analisar sintaticamente o período simples é necessário identificar os termos da oração que são os termos essenciais, integrantes e acessórios.

Essenciais: sujeito e predicado

Integrantes: complementos verbais (objeto direto e indireto), complemento  nominal e o agente da passiva.

Acessórios: adjunto adnominal, Adjunto adverbial e aposto.

 

Termos essenciais da oração:

Estrutura básica da oração

Sujeito e predicado.

Apesar de ser um termo essencial da oração, pode acontecer da oração não ter sujeito (sujeito inexistente), como  fenômenos da natureza, mas sempre terá um predicado.

Oração sem sujeito: Quando não existe um elemento que o predicado se refere começando através de um verbo impessoal, ou seja, os verbos impessoais não possuem sujeito.

Exs.:

Havia baratas na loja

Choveu muito em São Paulo

 

Termos integrantes da oração:

Integram ou complementam o sentido de determinados nomes e verbos

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PARA AGEPEN- RR - 2020 SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA PARA AGENTE DE POLÍCIA PC-DF 2020

Complementos verbais (objeto direto e indireto), complemento nominal e o agente da passiva.

 

Complementos verbais:

Objeto direto: Completa o sentido do verbo sem uma preposição

O gato pego o rato. O gato é o objeto direto

Objeto indireto: Completa o sentido do verbo com uma preposição

Ex.: Eu duvidei da opinião do professor

 

Complemento nominal: O termo da oração é unido a um nome através de uma preposição para dar sentido a esse nome. Pode ser substantivo, adjetivo ou advérbio.

Ex: João tem orgulho do filho (orgulho= substantivo e do filho= complemento nominal)

Agente da passiva: Complementa uma ação sofrida pelo sujeito tornando o sujeito paciente. Normalmente é preposicionado.

Ex.: Esta lasanha foi feita pela minha filha

 

Termos acessórios da oração

Eles têm uma função secundária na oração. Acrescentam uma informação nova, dando mais significado a oração.

Adjunto adnominal, Adjunto adverbial e aposto.

Adjunto adnominal: São palavras que acompanham o substantivo para dar um significado a ele.

Ex.: O Ginásio terá vigilância eletrônica.

Adjunto adverbial: É um termo que se une ao verbo para modifica-lo para especificar uma circunstância.

Ex. Maria e Arthur chegaram muito cedo

Aposto: é um termo que une a outro termo para explicar, resumir, desenvolver  este termo a que se refere.

Ex.: O professor mais antigo da faculdade, Sr. Matheus é muito admirado  por todos.

Dicas importantes:

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba porque recomendo!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba por que recomendo! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *