Menu fechado

Criptografia

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PREPARATÓRIA BANCO DO BRASIL

APOSTILAS PARA O CONCURSO DA CÂMARA DE IMPERATRIZ - MA

Criptografia

Criptografia é um sistema de algoritmos matemáticos que codificam e decodificam dados reforçando a sua segurança e protegendo a privacidade do usuário e garantindo a confidencialidade da informação.

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Quando os dados são criptografados (codificados) eles perdem seu formato original para que só possam ser lidos por um usuário autorizado, ou seja, somente pelo destinatário da mensagem.

Para descriptografar (decodificar) a mensagem é necessário uma chave específica na qual somente o remetente e destinatário tem.

A criptografia pode ser apenas em um dado específico ou a todos os dados de um arquivo.

Tem duas maneiras de criptografar informações:

Criptografia simétrica (chave secreta)

Criptografia assimétrica (chave pública)

 

Criptografia simétrica ou criptografia de chave secreta

Utiliza-se uma chave secreta, que pode ser um número, uma palavra ou apenas uma sequência de letras aleatórias, é aplicada ao texto de uma mensagem para alterar o conteúdo de uma determinada maneira. Tanto o emissor quanto o receptor da mensagem devem saber qual é a chave secreta para poder ler a mensagem.

 

Criptografia assimétrica ou criptografia de chave pública

Tem duas chaves relacionadas. Uma chave pública para criptografar e uma chave privada para descriptografar a mensagem.

Qualquer mensagem que foi usada a chave pública só poderá ser descriptografada pela chave privada. (método mais utilizado)

Se a mensagem foi criptografada com a chave privada, ela só poderá ser descriptografada pela chave pública correspondente. (método menos utilizado).

As informações protegidas utilizando os algoritmos de criptografia assimétrica têm garantidas, em teoria, tanto a confidencialidade quanto a autenticidade.

A Criptografia assimétrica é mais lenta no processo de criptografar e descriptografar o conteúdo da mensagem.

 

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PREPARATÓRIA BANCO DO BRASIL

APOSTILAS PARA O CONCURSO DA CÂMARA DE IMPERATRIZ - MA

A assinatura digital pode ser tanto simétrica como assimétrica.

 

Assinatura Digital: É muito usado com chaves públicas e permitem ao destinatário verificar a autenticidade e a integridade da informação recebida. Além disso, uma assinatura digital não permite o repúdio, isto é, o emitente não pode alegar que não realizou a ação. A chave é integrada ao documento, com isso se houver alguma alteração de informação invalida o documento.

A maior diferença entre a criptografa simétrica e assimétrica é que em relação às chaves a primeira utiliza somente uma única chave entre as operações.

Em diversos casos, o ideal é o uso combinado da criptografia de chaves simétricas e das chaves assimétricas. A primeira é utilizada para a codificação da informação e a segunda é utilizada para o compartilhamento da chave secreta ou chave de sessão. O uso combinado é ainda utilizado pelos navegadores Web e programas leitores de e-mails.

 

Criptografia de sua conexão com a internet

Utiliza-se o protocolo HTTPS para criptografar dados que estão sendo enviados entre sites. Não é 100%,mas reduz muito o risco da transmissão. Quando se acessa um sítio seguro pelo protocolo HTTPS, o navegador gera um conjunto de chaves criptográficas que é enviado ao servidor por meio de um algoritmo de troca de chaves.

 

 

 

Atenção, pode ser pedido em concursos:

 

Método Diffie-Helman:

Também chamada de criptografia de chave pública. O método da troca de chaves de Diffie-Hellman permite que duas partes que não possuem conhecimento a priori de cada uma, compartilhem uma chave secreta sob um canal de comunicação inseguro.

 

Criptografias simétricas DES e AES

O Data Encryption Standard (DES) é um método de criptografia simétrica muito usada na década de 70. O DES é um sistema de codificação simétrico por blocos de 64 bits, dos quais 8 bits (1 byte) e servem de teste de paridade, e por causa de seu pequeno tamanho de chave houve suspeitas de um backdoor da NSA. O DES atualmente é considerado inseguro para muitas aplicações. Isto se deve principalmente a pequena chave de 64-bit. Ele foi substituído pela AES (2001) que tem diferentes chaves e tamanhos de bloco. Algoritmos como DES, 3DES, AES e RC4 são de criptografia simétrica.

 

Princípio de Kerckhoffs

Segundo ele, uma cifra deve permanecer segura mesmo que o inimigo conheça os detalhes dos algoritmos de cifragem e decifragem, ou seja, os algoritmos podem ser públicos, porém as chaves têm que ser secretas.

Dicas importantes:

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba porque recomendo!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba por que recomendo! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *