Menu fechado

Mês: outubro 2018

Conteúdos para estudar AGU 2018

Cargo:  VÁRIOS CARGOS        Nível:  Superior         Organizadora:  IDECAN

Inscrições:  de 03/10/2018 a 04/11/2018           Data da Prova:  09/12/2018

APOSTILAS:

      

CONTEÚDOS PARA ESTUDAR AGU 2018:

CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA TODOS OS CARGOS

LÍNGUA PORTUGUESA:

Classificação de documentos de arquivo

Classificação de documentos de arquivos:

Classificação de documentos de arquivo:

  • Gênero
  • Espécie
  • Tipologia
  • Natureza do assunto
  • Forma
  • Formatos

Os documentos de arquivo podem ser classificados em diferentes categorias, de acordo com suas características. Baseando-se nelas, podemos classificá-los quanto ao: gênero, espécie, tipologia, natureza do assunto, forma, e formato.

Arquivística: princípios e conceitos

Arquivística: Princípios e Conceitos

 

Referência Legislativa Básica: Visite o site do CONARQ (Conselho Nacional de Arquivos)

Conceito:Teoria Arquivística, também conhecida como Arquivologia, pode ser entendida como um conjunto de princípios, conceitos e técnicas a serem observados na produção, organização, guarda, preservação e uso de documentos em arquivos.

Síntese: A teoria e o trabalho acadêmico dos arquivos é chamada arquivística.

Há 2 (dois) aspectos que devemos salientar sobre “Arquivística”:

a) O primeiro refere-se aos grandes volumes de documentos acumulados diariamente pelas organizações, o que exige uma maior sofisticação dos esquemas de classificação e;

b) O segundo relaciona-se ao desenvolvimento teórico da organização de documentos arquivísticos.

Princípios: Os princípios arquivísticos constituem o marco principal da diferença entre a arquivística e as outras “ciências” documentárias. São eles:

Instituições do Sistema Financeiro Nacional — tipos, finalidades e atuação

Instituições do Sistema Financeiro Nacional — tipos, finalidades e atuação.

Composição e ramos do Sistema Financeiro Nacional

Conceito de Sistema Financeiro:

É um conjunto de instituições financeiras e instrumentos financeiros que visam transferir recursos dos agentes econômicos (pessoas, empresas e governo) superavitários para os deficitários.

 

Ramos do Sistema Financeiro Nacional